Estado beneficia 360 famílias com a distribuição de palma forrageira

Produtores rurais e agricultores familiares de 14 municípios do Rio Grande do Norte foram beneficiados com a distribuição de raquetes-semente de palma forrageira resistentes à cochonilha-do-carmin (Dactylopius opuntiae). O objetivo da ação, desenvolvida pelo Governo do RN, por intermédio da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte- EMPARN, é promover a convivência com o semiárido e amenizar os efeitos da seca no estado.

Até o final de junho de 2020 foram distribuídas 256.500 raquetes para multiplicação nos municípios de São Pedro, Lajes, Timbaúba dos Batistas, Serra Caiada, Acari, Boa Saúde, Taipu, Doutor Severiano, Lagoa Nova, Pendências, Currais Novos, Santa Cruz, Tangará e Pedro Avelino.

As raquetes de palma, das variedades Orelha-de-Elefante Mexicana, IPA Sertânia e Miúda ou Doce, são produzidas o ano todo nas Estações Experimentais da EMPARN dos municípios de Apodi e Pedro Avelino.

O produtor interessado em receber a doação de raquetes para multiplicação, deve se cadastrar em um dos escritórios da EMATER distribuídos no estado ou apresentar sua solicitação a secretaria de agricultura do seu município ou para organizações não governamentais da área rural como o Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários- SEAPAC.

A EMPARN promove essa ação desde 2015 a partir de um Convênio atualmente ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), via Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF). No âmbito da empresa, o projeto é conduzido pelo pesquisador Guilherme da Costa Lima.

Em 2019, a empresa distribuiu 475.400 raquetes-semente de diversas variedades de palma forrageira tolerantes à cochonilha do carmim, beneficiando mais de 600 produtores rurais de 38 municípios do RN.

Cartilha

Há pelo menos 10 anos a EMPARN desenvolve pesquisas com a palma forrageira. Como resultado dos projetos de pesquisa, pesquisadores da empresa, lançaram no segundo semestre de 2019, uma cartilha intitulada “Caminhos para a Expansão e Desenvolvimento da Palma Forrageira no Rio Grande do Norte” para disponibilizar informações aos produtores, extensionistas, técnicos e estudantes interessados pela cultura.

O Documento 49 da EMPARN apresenta diversas orientações como o passo a passo para formação do palmal, controle integrado de pragas e doenças, irrigação e o potencial da palma forrageira como reserva estratégica no semiárido.

O documento pode ser obtido diretamente na sede da empresa ou acessando seu conteúdo online no site emparn.rn.gov.br, clica na aba Publicações e depois em Documentos ou ainda pode solicitar a versão digital pelo e-mail [email protected].